Passos em direção ao Yoga – Niyama
Exemplo de imagem
Passos em direção ao Yoga – Niyamas 

No Yoga tem uma metáfora que diz, de um passo em direção ao Yoga, e o Yoga dará dez passos em sua direção.

Uma das minha interpretação desta metáfora, é que aqui nos é apresentado os 10 códigos de ética, chamados Yamas e Niyamas.

Os Yamas são os primeiros 5 passos [ yogaevida.com.br/passos-em-direcao-ao-yoga-yamas ], são uma processo de purificação e desidentificação de capas de conceitos e padrões que precisam ser analisados e revistos. Se tornar consciente de sua responsabilidade do que absorve e do que gera dentro de si.

Niyama, são os segundos 5 passos, estruturado por Patanjali. Niyama significa observância, são questões que você tem atrair para sua estrutura corpo-mente e na vida. 

  • Saucha – Pureza
  • Santosha – Contentamento
  • Tapas – Perseverança
  • Svadhyaya – Auto-estudo
  • Ishavara Pranidhana – Entrega a Deus

A esquerda os nomes em Sânscrito, a língua sagrada que respalda todos os ensinamentos do Yoga. A direita a tradução mais conhecida em português. uma vez a impureza da solo da mente e das ações estejam melhoradas, a praticante de Yoga avança em busca mais profunda para alcançar o conceito da conscientização da realidade e o conhecimento espiritual.

SAUCHA
Fala da pureza, para vermos, falarmos, sentirmos e vivenciarmos as coisas. As crianças são espelhos para nós porque ainda não têm quando bem pequenas, conceitos, preconceitos, padrões e crenças arraigados. Temos que nos trabalhar no não julgamento, liberando muito espaço na nossa mente, essa é uma virtude cobiçada no Yoga, pois os resultados dessa conquista são disposição mental e força de concentração.

SANTOCHA
O Contentamento, equivale um tanto mais do que aceitar a realidade; mas concordar com ela assim como é ou foi. O contentamento vem de uma pureza que nos permite estar bem em toda e qualquer situação.

TAPAS
Tapas fala de perseverança e auto-esforço. Porque nós temos a mente com seus padrões de comportamentos negativos e repetitivos, e, se queremos mudar o solo da mente e adquirirmos novos hábitos, vamos precisar dessa ferramenta, obstinação e perseverança, o trabalho de autoconhecimento exige treino do foco e auto-esforço, e o próprio treino já te traz o benefício de te trazer uma força especial para alcançar seus objetivos.

SVADHYAYA
Aqui já entramos no auto-estudo. Todo mundo sabe como é difícil ganhar o hábito de fazer praticas respiratórias todos os dias, meditar todos os dias, quando você pensa em ler uma escritura sagrada todos os dias, a coisa fica mais profunda ainda. São estudos para todos os dias, além de ser seu próprio terapeuta dentro desse processo. Mas isso te abre e te conecta a um campo sutil que te favorece.

ISHVARA PRANIDHANA
Aqui é o auge da entrega a Deus. Uma vez a mente estando purificada e agregada a valores de pureza e contentamento, e tendo-se perseverança necessária, vem a busca de vivencia da iluminação. Compreender que a vida é cheia de flashes e faíscas de iluminação, nos estimula a perseverar no caminho.

SIGA A GENTE NO FACEBOOK